Cemig orienta sobre segurança com a rede elétrica durante enchentes

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

População atingida pelas inundações precisa ficar atenta aos riscos da eletricidade.

Em função das fortes chuvas dos últimos dias em Minas Gerais, muitas cidades do estado estão sendo afetadas pelas enchentes e se encontram em estado de alerta. Por esse motivo, a Cemig destaca que é necessário que a população redobre os cuidados com a rede elétrica, para evitar acidentes, choques ou perdas de equipamentos. 

O gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, alerta que água e energia elétrica não combinam. “Caso as pessoas se deparem com um fio partido, elas não podem se aproximar ou tocar no cabeamento e, se possível, não devem permitir que outras pessoas se aproximem também. A recomendação é telefonar imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116, que funciona 24 horas por dia”, afirma.  O especialista ressalta, ainda, que somente os profissionais autorizados pela companhia podem fazer intervenções na rede elétrica.

Ao deixar a casa por causa das enchentes, é importante que o cliente desligue os disjuntores e também retire os equipamentos das tomadas.  Para evitar danos aos equipamentos, é aconselhável ainda que eles sejam depositados em locais mais altos, pois assim evita-se que a água atinja os circuitos internos dos aparelhos.  

Depois que as águas baixarem, ao retornar para a residência que foi alagada, os moradores precisam verificar se a energia está, de fato, desligada. De acordo com João Jose Magalhães Soares, é fundamental realizar uma vistoria nas instalações elétricas, antes de ligar a energia. “A água pode entrar na tubulação elétrica e, por isso, a população precisa contratar um eletricista experiente para realizar essa vistoria, tanto nas instalações quanto nos equipamentos”, alerta.   

Outro possível cenário de acidente é quando o fio elétrico se rompe e cai sobre um veículo. Nesse tipo de situação, os ocupantes do veículo devem permanecer dentro do carro até a chegada da Cemig para que o circuito elétrico seja devidamente isolado e aterrado, para garantir o resgate com segurança. “É importante ressaltar que o abandono do veículo somente deve ser feito ​em caso de incêndio nos pneus ou lataria. ​Para sair do automóvel, deve-se abrir bem a porta, juntar os dois pés e pular para bem longe do veículo, sem tocar na lataria e no chão ao mesmo tempo. Caso contrário, é mais seguro permanecer no seu interior até a chegada da Cemig e do Corpo de Bombeiros. Caso o veículo não esteja danificado e funcione normalmente, é importante que o condutor dirija para um local longe do fio partido e – somente depois disso e com a certeza de que o fio não está mais no veículo – desça e ande para o mais distante possível deste local onde está o fio partido, além de ligar imediatamente para a Cemig no 116”, orienta o gerente.

O mesmo cuidado deve ser tomado em caso de queda de árvores em vias públicas, pois elas podem cair sobre a rede elétrica e trazer consigo fios elétricos possivelmente energizados que ficam escondidos entre as folhas e podem causar acidentes graves.