Atlético-MG não abre mão de técnico estrangeiro mesmo após negociações frustradas

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Um dos motivos é ganhar tempo, já que um treinador com conhecimento do elenco e do que tem nas mãos, saberá avaliar a necessidade de reforços e implantar rapidamente sua filosofia.

Foto: Twitter Atlético-MG

O grupo dos mecenas do Atlético, denominado de ‘4Rs’ já havia definido o perfil de treinador para o Atlético desde o início das buscas pelo novo comandante, após a saída de Cuca, em 26 de dezembro. E além de ser estrangeiro, o futuro comandante do Galo precisa conhecer o clube, saber do elenco alvinegro, que ganhou o Brasileiro e a Copa do Brasil em 2021.

.

Um dos motivos é ganhar tempo, já que um treinador com conhecimento do elenco e do que tem nas mãos, saberá avaliar a necessidade de reforços e implantar rapidamente sua filosofia. E é nisso que aposta a diretoria do Atlético, após uma sequência de negociações sem sucesso com treinadores neste início de 2022.

.

De acordo com o presidente do Atlético, Sérgio Coelho, há nomes a serem procurados e que na última segunda-feira (10), a procura pelo novo técnico estava na estaca zero. Mas a principal revelação é de que Renato Gaúcho não está na pauta alvinegra.

.

Além de ser brasileiro, o treinador não faz parte do perfil da diretoria quanto à metodologia de trabalho. Outro nome que está fora de cogitação é o do argentino Hernán Crespo, que treinou o São Paulo ano passado.

.

Segundo o dirigente, o trabalho de Crespo já é conhecido, por conta da atuação no futebol brasileiro, mas também não faz parte do perfil de treinador procurado pelo clube.

.

Fonte: https://www.otempo.com.br/superfc/atletico/mesmo-apos-negociacoes-frustradas-galo-nao-abre-mao-de-tecnico-estrangeiro-1.2594849

.

Foto: Twitter Atlético-MG