2º Torneio de Peteca de Rua recebeu equipes Mariana e região

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Evento foi realizado no último domingo (12) na Praça da Sé e englobou categorias feminina, masculina e mista.

A cidade de Mariana foi palco novamente para o 2º Torneio de Peteca de Rua, segundo o secretário de Esportes, Bruno Freitas o evento é uma realização importante após a paralização das atividades em decorrência da pandemia. “É um dos primeiros eventos que fizemos em retorno das atividades devido á pandemia da Covid-19 e recebemos equipes de Itabirito, Conselheiro Lafayete, Congonhas e Ouro Preto então por ter sido o primeiro depois da pandemia estamos muito felizes em poder realizar esse evento” explicou.

O evento foi realizado no último domingo (12) na Praça da Sé e atraiu participantes da cidade e da região e englobou as categorias feminina, masculina e mista promovendo partidas acirradas com muita emoção, animação e alegria.

Tiago Valadão, vencedor das duas edições do torneio, comentou que a competição é uma decisão acertada da administração pública. “Promover eventos assim é uma iniciativa muito boa, pois incentiva mais pessoas a praticarem a modalidade. Estou muito feliz por levar mais uma vez o troféu pra casa”, comemorou.

Presença garantida mais uma vez no torneio, as Panteras também levaram, mais uma vez, o troféu para casa. Solange Reis, integrante do time bicampeão, falou sobre a importância da realização do evento. “É muito importante para nós praticantes da modalidade ter competições como essa em nossa cidade. Represento aqui o público feminino, que a cada dia vem se tornando mais adepto à prática do jogo, sendo a peteca de rua uma referência da modalidade na região.

Pela primeira vez na competição, Augusto de Queiroz recebeu o troféu de 1° lugar, jogando pela categoria mista. “Estou muito feliz pela conquista. Pratico peteca há quatro anos. Eu e minha parceira treinamos muito para chegar até a final e vencer a competição”, finalizou.

O secretário Bruno, enfatizou que as medidas protetivas impostas pela OMS foram respeitadas, mas por se tratar de um ambiente aberto o público não foi restringido. “Exigimos máscaras de todos e como a praça é mais aberta não restringimos o público mas cobramos o afastamento de todos” finalizou .