Quatro dos sete principais reservatórios da Cemig estão abaixo de 50%

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

“No momento a situação mais preocupante está restrita aos reservatórios de Nova Ponte e Emborcação, que tem perspectivas de atingimento de armazenamentos mínimos recordes neste ano.

Quatro dos sete principais reservatórios da Cemig estão com o volume útil de água abaixo de 50% e o nível de dois reservatórios preocupa a estatal. É o caso da hidrelétrica de Nova Ponte, no Alto Paranaíba, que está com 13,32% de armazenamento, e da usina Emborcação, em Araguari, no Triângulo Mineiro, que está com 14,55%.

.

“No momento a situação mais preocupante está restrita aos reservatórios de Nova Ponte e Emborcação, que tem perspectivas de atingimento de armazenamentos mínimos recordes neste ano. Nos demais reservatórios, a situação atual é similar a já vivenciada em anos anteriores e não são esperados maiores problemas quanto à gestão do uso múltiplo dos reservatórios”, diz Ivan Sérgio Carneiro, gerente de Planejamento Energético da Cemig.

.

De acordo com o gerente da Cemig, volumes inferiores a estes foram registrados em dezembro de 2020, quando os reservatórios atingiram os valores mínimos de 7,58% em Emborcação, e 9,99% em Nova Ponte. Porém, a situação atual é delicada porque ainda estamos distante do fim do período seco.  “Desta forma, é esperado que os níveis de ambos os reservatórios continuem em queda até o início da próxima estação chuvosa”, afirma Carneiro.

.

Fonte: https://www.otempo.com.br/economia/reservatorios-de-quatro-hidreletricas-da-cemig-estao-abaixo-de-50-1.2522432

Você está satisfeito(a) com os serviços oferecidos pelo SAAE?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Clique aqui para votar