Veterinários agora são obrigados a notificar casos de maus-tratos à animais na Polícia Civil em MG

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

A regra já está valendo e consta na Lei 23.856/21 sancionada pelo governador Romeu Zema, no último sábado (31).

Médicos veterinários de todo o Estado agora são obrigados a notificar casos de maus-tratos contra cães e gatos diretamente à Polícia Civil. A regra já está valendo e consta na Lei 23.856/21 sancionada pelo governador Romeu Zema, no último sábado (31). A nova Lei tem a aprovação de pessoas ligadas à defesa da causa animal e do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMVMG).

.

O texto prevê que a notificação do médico veterinário deve conter o nome e o endereço da pessoa que acompanha o animal durante o atendimento, além de um relatório que conste a espécie, a raça, o estado de saúde do animal no momento do atendimento e os procedimentos realizados.

.

A nova lei é uma injeção de animo, segundo Melissa Labegalini de Oliveira,  presidente da Associação Protetora dos Animais de Monte Sião, cidade no Sul de Minas. Ela define que a expectativa é de que os casos de maus-tratos sejam cada vez mais descobertos e os infratores punidos.

.

“Até então todo mundo pensa que maltratar é só deixar o animal sem comer e sem beber. O cachorro pode ter do bom e do melhor, mas se ele fica preso muito tempo ou ele apanha frequentemente também é maus-tratos. O que a gente tem percebido é que as pessoas tem denunciado e que antigamente a gente tinha mais maus-tratos até do que hoje, por que hoje temos muito mais visão da causa animal”, explica.

. Fonte: https://www.otempo.com.br/cidades/veterinarios-tem-que-notificar-a-policia-casos-de-maus-tratos-em-mg-1.2521811