É iniciado cadastro para serviço especializado pós-covid

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Secretário de saúde e fisioterapeuta do município explicam, em live do Jornal Ponto Final, critérios para realização de cadastro.

Será implementado em Mariana o Centro de Reabilitação Pós-Covid onde o objetivo da iniciativa é atender todos os pacientes que foram infectados pela Covid-19, para que tenham acesso ao serviço específico para o acompanhamento das possíveis sequelas causadas pela doença.

O secretário de saúde, Danilo Brito, em participação da Live no Jornal e TV Ponto Final falou das fases passadas pela pandemia e da readequação para cada cenário vivido até aqui. “As situações vão evoluindo dentro de uma pandemia, são várias etapas, aquela que você conhece a contaminação, de que forma que é, corre atrás de teste, aí vieram os testes rápidos de sorologia e depois você começa a ter as internações, começa a mudar a idade das pessoas, que em um determinado momento eram os idosos que eram o público alvo que deveria estar em isolamento. Hoje já temos acima de sessenta anos, a maioria da população dessa faixa etária, já vacinada, e já começamos a observar uma característica ao contrário da observada anteriormente, a faixa etária de 25 a 35 anos que estão agravando e evoluindo para internação e até óbito, e com isso a gente irá conseguir monitorar os nossos pacientes e conseguiremos perceber e trabalhar essa proposta onde as sequelas do pós-covid tem agravado demais em algumas situações, seja ela de forma leve, moderada ou grave” explicou Brito.

A fisioterapeuta, Ana Paula Godoy, irá coordenar o ambulatório do atendimento pós-covid e falou em sua participação na live, sobre a importância de acompanhar de perto os sintomas deixados pelo vírus em pessoas infectadas. “Vou coordenar nosso ambulatório pós-covid que nada mais é que um serviço especializado que será ofertado à população marianense para fazer esse acompanhamento da permanência dos sintomas e efeitos que tenham ficado pós-covid. Tudo é muito novo, a gente vem aprendendo ao longo dessa pandemia e já sabemos que é muito importante que esse acompanhamento seja feito, e todos que já foram infectados pelo vírus serão atendidos de acordo com a triagem, assim como os novos casos que já serão monitorados automaticamente” pontuou.

A partir de 15 de julho, todos os pacientes que receberem alta hospitalar ou do isolamento domiciliar, receberão a oferta do acompanhamento especializado e serão triados por um questionário. Esses pacientes serão classificados de acordo com essa escala dos sintomas pós-covid e suas complicações, estabelecendo as prioridades de atendimento e de exames complementares.

As consultas vão acontecer no Centro Especialidades – PREVINE, que contará com uma equipe de cardiologistas, oftalmologistas, neurologistas, pneumologistas, entre outros, destinados somente para esses atendimentos. Os demais serviços e consultas especializadas serão disponibilizados mediante pedido do médico de referência e terão prioridade dentro da rede.

Para auxiliar a triagem inicial foi disponibilizado um questionário para acompanhamento dos pacientes que já receberam alta e ainda tenham algum sintoma ou sequela pós-covid, para que possam manifestar seu interesse no acompanhamento e sejam classificados de acordo com os riscos. Através das respostas do formulário, a equipe responsável entrará em contato para agendar a consulta com os médicos de referência ou direcionando ao serviço da atenção primária, em casos leves. Os novos casos que forem surgindo, na medida que o paciente tiver alta, ele será monitorado pela Secretaria de Saúde, que irá aplicar o questionário. De acordo com a pontuação, ele será encaminhado para o serviço de reabilitação pós-covid não havendo necessidade do preenchimento do formulário. Confira a live completa no Facebook do Jornal Ponto Final.