Fundação Renova promove palestras sobre como inovar com poucos recursos

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Evento gratuito aconteceu na última quarta-feira (30) e falou sobre diversificação da matriz econômica da região.

Empreendedores de Mariana e interessados em inovar na região puderam participar de palestras gratuitas e on-line sobre desenvolvimento de negócios inovadores. Os encontros virtuais fizeram parte do projeto Mariana Labs promovido pela Fundação Renova em parceria com a organização Wylinka. A segunda palestra, com o tema “Como inovar com poucos recursos”, aconteceu nesta quarta-feira (30), com transmissão pelo canal do YouTube. 

A palestra contou com a participação do CEO da marca de camisetas Chico Rei, o mineiro Bruno Imbrizi. O convidado falaou sobre os processos de inovação que permitiram transformar um item comum e presente na vida de todos, a camiseta, em uma marca forte e consolidada em todo o Brasil. 

As próximas palestras acontecerão nos dias 14 e 21 de julho e também trarão temáticas sobre o desenvolvimento de negócios inovadores. O primeiro encontro virtual foi realizado no dia 9 de junho, com o tema “Como tirar sua ideia de negócio do papel”. 

A iniciativa faz parte do primeiro momento do Mariana Labs, um programa on-line de desenvolvimento de negócios no município, desenvolvido pela Programa de Promoção da Inovação da Fundação Renova. A ideia é que o projeto também seja lançado futuramente em outras localidades impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão a fim de gerar oportunidades de desenvolvimento de novos negócios inovadores e sustentáveis nessas regiões. 

“O Mariana Labs vem para ser mais um agente do movimento de empreendedorismo e inovação do município. O programa visa contribuir para a diversificação da matriz econômica de Mariana, historicamente dependente do setor da mineração, por meio da geração de novos negócios, novos empregos e novas formas de rentabilidade para os empreendedores e também para o município”, diz a especialista de Economia e Inovação da Fundação Renova, Gabriela Metzer.