Ações de combate ao Trabalho Infantil são realizadas em Mariana

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Foram realizadas a capacitações de 150 profissionais da rede de Proteção Social à Criança e ao Adolescente.

No dia 12 de junho, foi celebrado o Dia Mundial contra o Trabalho Infantil e para a celebração desse dia a prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, realizou diversas ações para identificar e combater as situações, com o objetivo de proteger as crianças.

A campanha contou com a divulgação de materiais que promovem a reflexão sobre a importância da erradicação do trabalho infantil, como a colocação de faixas nos serviços dos CRAS, CREAS e prédio da prefeitura. Também foram distribuídos cartazes nos serviços socioassistenciais, em escolas municipais e centros de saúde, bem como artes alusivas ao tema, publicados nas redes sociais do município e de outros serviços.

Representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Tutelar e da Assistência Social do município, participaram de uma entrevista para divulgação das ações municipais do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. A prefeitura de Mariana participou da live: “2021 – Ano Internacional para Eliminação do Trabalho Infantil”. O município se comprometeu em realizar ações para identificar e combater as situações de Trabalho Infantil desenvolvendo ações do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), através dos serviços da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, em parceria com demais Secretarias municipais executando as políticas públicas de assistência social, saúde, educação, esporte e lazer.

Mariana foi o primeiro município a realizar audiência pública com o tema 2021 – Ano Internacional de Eliminação do Trabalho Infantil, e representa todas as prefeituras do estado de Minas Gerais. No evento, foi reforçado o compromisso e responsabilidade em fortalecer a Rede Socioassistencial, a identificação de crianças e adolescentes em situação de trabalho, a realização e implementação de diagnóstico socioterritorial do Trabalho Infantil.