Secretaria de Educação oferece Capacitação para as merendeiras

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

A inclusão de alimentos da agricultura familiar na merenda escola contribuirá também no desenvolvimento regional.

O ambiente escolar é um local que possibilita o contato e a criação de hábitos alimentares saudáveis. Pensando nisso a prefeitura de Mariana, através da secretaria de educação irá promover no dia 02 de julho, por meio da plataforma Google Meet, a Capacitação de Merendeiras On-line. O objetivo da capacitação é direcionar as merendeiras sobre as orientações para o retorno das aulas presenciais, assim como as medidas de segurança para prevenção da COVID-19, orientações sobre boas práticas na manipulação de alimentos e manutenção da alimentação saudável no ambiente escolar. 

Além disso, o curso tem o intuito de proporcionar a integração entre o setor de alimentação e os manipuladores de alimentos da rede de ensino municipal. A programação inclui os temas abordados: saúde mental em tempos de pandemia, boas práticas de manipulação de alimentos durante a retomada das aulas, atualizações sobre a nova resolução do PNAE, importância da agricultura familiar para alimentação escolar.

São necessárias mudanças no preparo das refeições para a melhoria do sabor dos alimentos, contribuindo para aumentar o índice de adesão dos estudantes que consomem a alimentação oferecida pela escola, cooperando com a diminuição do desperdício de alimentos e recursos públicos. 

A alimentação influencia diretamente na qualidade de vida, pois através dos alimentos o organismo absorve os nutrientes necessários para a realização das atividades vitais, contribuindo para um melhor desempenho no organismo. A merenda escolar coopera com este processo, pois tem o objetivo de suprir parcialmente das necessidades diárias dos alunos.

Uma alimentação sem os nutrientes necessários pode causar consequências nos desenvolvimentos físico e mental dos alunos. A inclusão de alimentos da agricultura familiar na merenda escola contribuirá também no desenvolvimento regional, tendo em vista que, os recursos serão gastos no município, melhorando a renda do produtor rural e, consequentemente, a sua qualidade de vida.