Retomada do esporte em Mariana contou com Torneio de Habilidades de Basquete

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Cada participante realizou o percurso individualmente, com duração cronometrada.

No último dia 12, foi realizado o primeiro torneio de habilidades de basquete no município de Mariana. No total, 30 atletas seguindo todos os protocolos de segurança, como medição de temperatura, distanciamento social e o uso obrigatório de máscaras e álcool 70%.  O evento foi realizado pela prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Esportes, em parceria com a Associação de Basquete de Mariana, ABM e marca o retorno do esporte em nosso município, que estava paralisado desde o início da pandemia.

O torneio contou com três categorias: adulto, juvenil e a categoria cadeirantes. Foi preparado o mesmo circuito de atividades de basquete para todos os grupos. Cada participante realizou o percurso individualmente, com duração cronometrada e, quem realizasse todos os exercícios no menor intervalo de tempo, seria o vencedor.

Raphael Espindola Campos foi um dos atletas que esteve no evento. Ele, que já morou em Mariana e participou da ABM, soube do torneio e fez uma longa viagem para prestigiar a equipe. “Sou de Belo Horizonte, morei aqui três anos e já joguei para Mariana. Saiu a data do torneio, eu organizei e consegui. Eu vim testar meu trabalho, meu conteúdo, para ver se estou conseguindo gerar. E eu não estava nem em BH, estava em Bambuí, 400 km”.

O esporte funciona como uma ferramenta de inclusão e superação. Pensando nisso, Priscila Tukoff, uma das organizadoras do evento, entrou em contato com Rosemary Aparecida dos Santos, presidente da Associação de Pessoas com Deficiência de Mariana, ADEM, em busca de trazer para o evento os integrantes que tinham interesse no esporte. Rose, que já praticou outras atividades, como Tai Chi Chuan e participou de uma competição de Supino, fala da importância de movimentar o lado esportivo e tirar as pessoas do sedentarismo. “O nosso sonho é ampliar mesmo o esporte para pessoas com deficiência”.            

No final do evento saiu a lista dos vencedores. Emanuel Balduíno ganhou na categoria adulto, seguido por Italo Milani no juvenil e Rosemary Aparecida dos Santos, na categoria cadeirantes.