Estudantes da UFMG recolhem doações para famílias afetadas pela pandemia

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Campanhas minimizam impactos provocados pela crise econômica e sanitária

Em 2021, 46 milhões de famílias serão beneficiadas com o auxílio emergencial, segundo o Ministério da Cidadania, o que representa queda de 31% em relação ao ano passado, quando 67 milhões de famílias foram assistidas. Houve redução também no valor e na quantidade de parcelas disponíveis: cada núcleo familiar cadastrado receberá quatro parcelas do auxílio, que pode variar de 150 a 375 reais, dependendo da sua composição. 

Com o aumento do desemprego e de pessoas em situação de pobreza, muitas famílias passaram a depender de doações. A comunidade da UFMG tem realizado ações para minimizar os impactos causados pela pandemia e a crise econômica. Conheça algumas delas em vídeo da TV UFMG.

O projeto Engenharia Solidária (EngSol) estimula estudantes de engenharia da UFMG a construir uma sociedade mais humana por meio de ações sociais. Saulo Junio, aluno de Engenharia de Produção e integrante do EngSol, conta que o projeto já promoveu várias ações sociais. Por conta da pandemia, as ações que antes eram realizadas, em sua maioria, no saguão de entrada da Escola de Engenharia foram transferidas para o ambiente virtual. Mais informações estão disponíveis no Instagram (@engenhariasolidariaufmg).  

O Diretório Central dos Estudantes (DCE), por sua vez, acaba de lançar a campanha UFMG pela vida, que arrecada doações para beneficiar a comunidade UFMG. Todos os detalhes estão disponíveis no perfil @ufmgdce do Instagram. O estudante de Psicologia Caique Belchior, membro da Executiva do DCE, fala sobre a iniciativa. 

Para a aluna de Engenharia Civil Gabriela Fleury, uma das idealizadoras do projeto Enactus UFMG, a desigualdade social se agravou na pandemia. Ela comenta que as ações de apoio são essenciais para garantir o mínimo necessário para o sustento das famílias mais necessitadas. As informações sobre o projeto Enactus estão disponíveis em @enactusufmg.