Parceria com BrazilFoundation beneficia mais de mil pessoas na bacia do rio Doce

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Mais da metade dos projetos criou postos de trabalho, além de terem aumentado a produção e a renda dos participantes

Gerar renda, apoiar o empreendedorismo e agregar valor aos produtos e serviços. Esses foram os objetivos da parceria firmada entre a Fundação Renova e a BrazilFoundation, que, segundo a Fundação, beneficiou mais de mil pessoas por meio do apoio a 23 projetos de geração de renda nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

A partir da parceria, 100% dos projetos apoiados implementaram melhorias em sua infraestrutura, além de outros resultados significativos. Em mais da metade deles houve aumento no volume de vendas e consumidores (58%), mais diversificação de produtos e serviços (56%), criação de novos postos de trabalho (55%), aumento na renda dos participantes (53%) e aumento da produção (52,5%). “A parceria nos trouxe uma convicção de que, quando as pessoas são apoiadas para melhorar seu processo produtivo e obtêm ferramentas para implementar essas mudanças, elas conseguem dar um passo adiante e consolidar seus negócios”, afirma o analista de Economia e Inovação da Fundação Renova, André Mapa.

Ao todo, a Fundação Renova investiu mais de R$ 1,1 milhão em iniciativas ao longo da bacia do rio Doce, na parceria iniciada em 2019 e finalizada em dezembro de 2020.

O trabalho foi dividido em dois ciclos. No primeiro, de janeiro de 2019 a setembro de 2020, foram apoiados 13 projetos em seis municípios: Governador Valadares, Ipaba, Tumiritinga, Resplendor e Sem-Peixe, em Minas Gerais, e Baixo Guandu, no Espírito Santo. No segundo ciclo, de julho de 2019 a dezembro de 2020, foram mais dez projetos em sete municípios: Aimorés, Itueta, Resplendor, Conselheiro Pena, Iapu e São Domingos do Prata, em Minas Gerais, e Baixo Guandu, no Espírito Santo.

O principal desafio para o desenvolvimento dos projetos foi a pandemia da Covid-19, que provocou um quadro de incertezas e inseguranças na economia. O cenário trouxe muitos desafios e acabou evidenciando a relevância dessas iniciativas na ampliação das oportunidades de trabalho e renda para famílias envolvidas.

“A grande contribuição dessa parceria foi apoiar esses grupos para que eles fortalecessem sua autonomia nos processos produtivos e de geração de renda”, diz o analista da Fundação Renova.