1º Simpósio Bem Viver Sem Glúten foi realizado em Mariana

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

A reação imunológica à ingestão de glúten cria uma inflamação que danifica o revestimento do intestino delgado.

A doença celíaca é uma reação exagerada do sistema imunológico ao glúten, proteína encontrada em cereais como o trigo, o centeio, a cevada e o malte. De origem genética, pode causar diarreia, anemia, perda de peso, osteoporose, câncer e até déficit de crescimento em crianças. Ao longo do tempo, a reação imunológica à ingestão de glúten cria uma inflamação que danifica o revestimento do intestino delgado, causando complicações médicas. Isso também impede a absorção de alguns nutrientes (má absorção).

Estudos apontam que doenças como artrite, osteoporose, dermatite herpitiforme, depressão, deficiência de ferro, crianças abaixo do peso e com dificuldade de crescimento, constipação intestinal, diarreia, infertilidade e até alguns tipos de câncer podem estar relacionados à Doença Celíaca. Aftas recorrentes e hipoplasia do esmalte dental também podem ser sinais. O sintoma clássico é a diarreia. Outros sintomas incluem inchaço, gases, fadiga, baixa contagem de glóbulos vermelhos (anemia) e osteoporose. Muitas pessoas não apresentam sintomas e o principal tratamento é uma dieta rigorosa sem glúten que pode ajudar a controlar  e promover a cicatrização intestinal.

Aqui em Mariana a Acelbra (Associação dos Celíacos do Brasil – seção Minas), nutricionistas, chefs, empreendedoras e celíacos, m celebração ao Mês da Conscientização sobre a doença celíaca organizaram no formato on-line o 1º Simpósio Bem Viver Sem Glúten onde foram abordardos desde o diagnóstico até os cuidados na preparação dos alimentos que toda a família deve ter ao conviver com essas restrições alimentares. O Simpósio aconteceu entre os dias 15 e 19 de maio.