18 de maio, Dia do Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email

Prefeitura de Mariana promove ações para refletir sobre o dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

18 de maio é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Portanto, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Diariamente crianças e adolescentes são expostos a diversas formas de violência nos diversos ambientes por eles frequentados. Dessa forma, a família, a sociedade e o poder público, devem ser envolvidos na discussão e nas atividades propostas em relação à prevenção ao abuso e exploração sexual, alertando principalmente que as vítimas, em sua grande maioria, não tem a percepção do que é o abuso sexual. A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades (incluindo bebês), e em todas as classes sociais, podendo ser de várias formas, como:

  • abuso sexual: a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para praticar algum ato de natureza sexual;
  • exploração sexual: usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição.

Assim que for identificada a violência sexual, antes mesmo de conversar com a vítima, é importante entrar em contato com profissional que possa colaborar e dar o encaminhamento correto de acordo com o caso, conforme a Lei nº. 13.431/2017.

A Prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), está promovendo uma campanha de prevenção com o objetivo de alertar, sensibilizar, mobilizar sobre a importância de proteger e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.             Foram confeccionados cartazes e informativos, para divulgação virtual, com orientações sobre os cuidados a serem tomados para evitar e identificar prováveis abusos. Além disso, foram realizadas reuniões com jovens do programa formação profissional e, nesta quinta-feira, 20, acontece uma ação com o público da inclusão produtiva, para abordar as estratégias de enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes. A campanha seguirá até o final do mês e serão divulgadas nas mídias sociais do CREAS.